Porto não pára… Djavan vai estar na cidade.

E nós vamos dar uma ajuda na sua promoção em outros mundos.

Somos assim, gostamos imenso desta cidade.

A “Casa da Musica” está a organizar os eventos de verão.

100 eventos dos quais 50 são grátis! Não percam a oportunidade.

Fizemos e colocamos os cartazes no mundo virtual.

Convidamos amigos para conhecer o cantor…  e divertimo-nos imenso.

Como tudo o que fazemos tem que que ter algo de inovador, produzimos este vídeo.

Agora contamos com todos na divulgação.

Promover património

Um enorme potencial para Municípios contarem a sua história. Deixo aqui um exemplo, como estes mundos potenciam conhecimento. Dentro destes espaços podem criar painéis com informação relevante dos vários edifícios. Algumas cidades classificadas como património da Humanidade deveriam investir nestes meios. A cidade do Porto poderia ser uma delas e usufruir da enorme mais valia do aeroporto Sá Carneiro como operador “low-cost”, potencializando assim a vinda de um maior número de turistas.

A Igreja Catedral de São Paulo, o Apóstolo, mais conhecida como Catedral de São Paulo, (em inglês St Paul’s Cathedral) é uma catedral anglicana em Ludgate Hill, na cidade de Londres, na Inglaterra. É a sede do Bispo de Londres.

O edifício actual, projecto a cargo do arquitecto Christopher Wren, data do século XVII e é geralmente considerado como a quinta Catedral de São Paulo, embora o número possa ser maior se todas as reconstruções medievais forem contadas como uma nova catedral. A catedral é atualmente um dos sítios de maior visitação na cidade de Londres. Foi também nesta catedral que Charles, Príncipe de Gales, casou-se com Lady Diana Spencer, em 1981. A cúpula da catedral é a segunda maior do mundo (só sendo ultrapassada pela Basílica de São Pedro) e dela se tem uma visão ampla de Londres.

Neste local foi erguida, em 604 d.C., a primeira igreja da Inglaterra, feita de madeira. A igreja foi feita sob as exigências de São Mellitus, seguidor de Agostinho de Cantuária, cuja missão principal era evangelizar os anglo-saxões que habitavam a região. O prédio da igreja foi reformado em 675, 962 e novamente em 1087 até ser destruída por um incêndio na Grande Londres.

Após as sucessivas reformas, a catedral permaneceu abandonada até que o arquiteto inglês Inigo Jones iniciou uma restauração definitiva da catedral em 1633, acrescentando a atual fachada neoclássica e outra cúpula de madeira. No entanto, a antiga catedral foi incendiada novamente e a cúpula acabou por ruir novamente e a igreja teve de ser reformada, porém desta vez foi contratado o renomado arquiteto Christopher Wren que aplicou o estilo barroco na catedral.

Miami ?… sim, o verão está a chegar .

Miami  é uma cidade do Estado americano de Flórida. É a sede de condado de Miami-Dade. Tem 682 092 habitantes, embora sua zona metropolitana – a maior do Estado – possua 2,1 milhões de habitantes, chegando a cinco milhões, quando contando-se os condados vizinhos de Broward e Palm Beach. A atual cidade tem origem numa povoação criada no fim do século XIX, que prosperou com o caminho-de-ferro e o porto. Miami é também conhecida por ter uma grande comunidade de exilados cubanos, principalmente concentrados na Little Havana

Miami é um centro turístico, sendo uma das cidades mais visitadas por turistas nos Estados Unidos, por causa de seu clima quente o ano inteiro, e pelas suas praias. A cidade é uma das mais frequentadas pelos snow birds (termo usado para descrever os habitantes da região norte dos Estados Unidos da América, que passam o inverno nos Estados do Sul, em especial, a Flórida, para fugirem da neve e ao frio). O turismo tornou-se uma importante fonte de renda de Miami a partir da década de 1920, e é atualmente a principal fonte de renda da cidade.

São falados comumente na cidade, além do inglês, o espanhol, devido à quantidade de hispano-americanos (de origem cubana, porto-riquenha, mexicana e de outros países da América Central) morando em Miami. A região também conta com uma colônia judaica numerosa.

Passeio por Piccadilly Circus – Londres

Piccadilly Circus é uma famosa praça de Londres, onde se cruzam as seguintes ruas: Regent’s Street, Shaftesbury Avenue, Piccadilly (a rua que liga Piccadilly Circus a Hyde Park) e Haymarket.

Pertence ao borough (as camâras municipais de Londres) de Westminster, e é uma das zonas mais movimentadas da capital britânica.

A área é rodeada de várias atrações turísticas, incluindo a estátua de Eros, os bares e teatros do West End londrino, incluindo o “Criterion Theatre” que aí está localizado, Leicester Square (a cinco minutos de distância) e várias lojas.

Durante os anos sessenta do século XX era um dos centros da Londres moderna.